Tutankamon – Passeio pela Exposição Segredos do Egito

Written by Jacques S.. Posted in Arte & Cultura, Todos os Vídeos, Últimas

Tagged: ,

Published on fevereiro 01, 2014 with

Um passeio pela seção de Tutankamon na exposição Segredos do Egito. Até 09 de fevereiro, o ParkShopping apresenta a exposição internacional, inédita no país, Segredos do Egito. A mostra traz mais de 140 peças entre originais e réplicas da cultura Egípcia. Entre as peças em exposição estão esculturas, joias, ferramentas, vasilhas, pinturas, papiros, etc. Os grandes destaques são as esculturas dos deuses Anúbis, Hórus, Amon e Thot, que chegam a medir até 2,5 metros de altura, além da réplica de uma esfinge.

quarto sarcófago de tutankamon

TUTANKHAMON

Tutankhamon restabelece o politeísmo, privilegiando a adoração  a Amon-Ra. De maneira simbólica, o antes Tutankhaton e sua esposa mudam de nome para Tutankhamon (que significa “imagens vivas de Amon”) e Ankhsenamon (“a que vive por Amon”) , respectivamente. A morte precoce do Faraó persiste como um mistério, mas os últimos estudos genéticos começam a arrojar novas evidências.

Veja mais vídeos da exposição no site e visite o Parkshopping para ver a exposição

trono de tutankamon

Reprodução do trono encontrado no Túmulo de Tutankamon. O original foi elaborado em madeira e coberto com finas lâminas de ouro, incrustações de pedras semipreciosas e esmaltes de cores.
No espaldar se observa ao faraó junto a sua esposa. As patas do trono representam as extremidades de um touro e de um leão, símbolos da divindade da realeza.
As flores de lótus e papiro entrelaçadas são representadas na parte posterior do espaldar do trono, enquanto que o abutre e a cobra se unificam nos lados, representando o Alto e o Baixo Egito respectivamente como símbolo da unificação do País do Nilo, o Shema- Taui.
Porque Tutancâmon é tão importante?
Na verdade, este jovem faraó não foi transcendental na história egípcia . Sua importância se deve ao fato de ele ser o único faraó cuja tumba foi encontrada completa, com todo o enxoval funerário em seu interior. As outras tumbas de faraós já havia sido saqueadas no momento da descoberta .

Música: fonte: DomínioPúblico Lee_Maddeford 09 Le petit jardin with Les Gauchers Orchestra mp3

 

 

Exposição Segredos do Egito

Local: Praça Central

Horário: de segunda a sábado, das 10h às 22h, e aos domingos, das 11h às 22h.
Visitação gratuita

ParkShopping
Brasília – DF/ 13 de janeiro de 2014 a 9 de fevereiro de 2014

BH Shopping
Belo Horizonte – MG/ 19 de fevereiro de 2014 a 16 de março de 2014

MorumbiShopping
São Paulo – SP/ 25 de março de 2014 a 20 de abril de 2014

RibeirãoShopping
Ribeirão Preto – SP/ 14 de maio de 2014 a 15 de junho de 2014

BarraShoppingSul
Porto Alegre – RS/ 17 de julho de 2014 a 17 de agosto de 2014

No período de 13 de janeiro a 09 de fevereiro, o ParkShopping apresenta a exposição internacional, inédita no país, Segredos do Egito. A mostra traz mais de 140 peças entre originais e réplicas da cultura Egípcia. Entre as peças em exposição estão esculturas, joias, ferramentas, vasilhas, pinturas, papiros, etc. Os grandes destaques são as esculturas dos deuses Anúbis, Hórus, Amon e Thot, que chegam a medir até 2,5 metros de altura, além da réplica de uma esfinge.

Quem quiser saber mais pode acessar o hotsite criado especialmente para a exposição: www.segredosdoegito.com.br.

Local: Praça Central do ParkShopping
Horário de visitação: o mesmo do shopping
Entrada gratuita

Réplica da Máscara  Mortuária de Tutankhamon (c. 1336-1327 a.C.). Foi elaborada com uma grossa lâmina de ouro de 22 quilates, utilizando soldadura de ouro, prata ou “elektrum” (prata e ouro). As sobrancelhas e delineado se fizeram de lápis-lazúli, os olhos de quartzo e obsidiana. e as franjas azuis do adorno real “nemes” de vidro opaco fundido com cobalto. A cobra real e o abutre que carrega o faraó sobre sua frente representavam ao Baixo e Alto Egito, simbolizando a união de “As Duas Terras”. No Antigo Egito. o uso de metais nobres e pedras semipreciosas eram mais do que um simples luxo: o ouro nunca perde seu brilho, e jamais se enferruja. Não somente representava, senão que “era” a carne dos deuses: Rá, se acreditava, tinha ossos de prata, carne de ouro e cabelos de lápis-lazúli. A barba trançada curva de lápis- lazúti aludia a Osíris, fazendo do faraó uma divindade que governava desde o mais Além. A máscara é a manifestação da união mística entre o faraó e os deuses, o que se ratifica na inscrição que aparece na parte posterior da peça, e que versa: “Salve! Belo de rosto,dotado de visão, esculpido por Ptah- Sokaris, disposto por Anúbis. A quem Shu deu a elevação. O mais belo rosto entre os deuses. Teu olho direito é a barca solar, teu esquerdo é a barca lunar. Tuas sobrancelhas são a Enéada, tua testa é Anúbis e tua cabeça é Horus. Teus dedos são Toth e tua cabeleira é Ptah- Sokaris.” A máscara de Tutancâmon é original? Não, é a única réplica autorizada pelo Museu do Cairo para ser exibida como a cópia exata da original, que está exposta no Museu de Arte de Nova York. A máscara original era parte de objetos funerários do faraó descobertos em 1992 no Vale dos Reis (Egito ), pelo arqueólogo Howard Carter. Feito com folha de ouro e incrustada de quartzo , lápis-lazúli, turquesa, obsidiana , vidro e cornalina.

Réplica da Máscara Mortuária de Tutankhamon (c. 1336-1327 a.C.).
Foi elaborada com uma grossa lâmina de ouro de 22 quilates, utilizando soldadura de ouro, prata ou “elektrum” (prata e ouro). As sobrancelhas e delineado se fizeram de lápis-lazúli, os olhos de quartzo e obsidiana. e as franjas azuis do adorno real “nemes” de vidro opaco fundido com cobalto. A cobra real e o abutre que carrega o faraó sobre sua frente representavam ao Baixo e Alto Egito, simbolizando a união de “As Duas Terras”.
No Antigo Egito. o uso de metais nobres e pedras semipreciosas eram mais do que um simples luxo: o ouro nunca perde seu brilho, e jamais se enferruja. Não somente representava, senão que “era” a carne dos deuses: Rá, se acreditava, tinha ossos de prata, carne de ouro e cabelos de lápis-lazúli.
A barba trançada curva de lápis- lazúti aludia a Osíris, fazendo do faraó uma divindade que governava desde o mais Além.
A máscara é a manifestação da união mística entre o faraó e os deuses, o que se ratifica na inscrição que aparece na parte posterior da peça, e que versa:
“Salve! Belo de rosto,dotado de visão, esculpido por Ptah- Sokaris, disposto por Anúbis. A quem Shu deu a elevação. O mais belo rosto entre os deuses. Teu olho direito é a barca solar, teu esquerdo é a barca lunar. Tuas sobrancelhas são a Enéada, tua testa é Anúbis e tua cabeça é Horus. Teus dedos são Toth e tua cabeleira é Ptah- Sokaris.”
A máscara de Tutancâmon é original?
Não, é a única réplica autorizada pelo Museu do Cairo para ser exibida como a cópia exata da original, que está exposta no Museu de Arte de Nova York. A máscara original era parte de objetos funerários do faraó descobertos em 1992 no Vale dos Reis (Egito ), pelo arqueólogo Howard Carter. Feito com folha de ouro e incrustada de quartzo , lápis-lazúli, turquesa, obsidiana , vidro e cornalina.

Comente!

Comente!

Powered by Facebook Comments

Compartilhe

Sobre Jacques S.

Jacques Sanfilippo - Coordenador de conteúdo e Produtor. Também cinegrafista e editor-de-vídeo desde o início do site. Postagem e Manutenção do Site.

Browse Archived Articles by Jacques S.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>